#BastaSerHumano pra abraçar essa causa!

Vem com a gente pelo nosso ambiente e por todos nós!

Participe!
Veja 04 opções de como participar da campanha.

Peças para Mídias Sociais
Veja as peças gráficas, baixe e compartilhe!

Dados 
Conheça os dados e informações que embasam a campanha.

Mobilização
Veja por onde a campanha já passou e o seu alcance.

Contexto e concepção
Leia sobre a motivação da construção desse movimento.

Artes
Conheça as artes e os artistas que defendem o meio ambiente!

Como participar

Opção 1:

Compartilhe as peças da campanha

Acesse aqui as artes nos formatos feed e stories e compartilhe nas redes sociais. Toda semana tem novas artes! Ou resposte publicações das mídias sociais do OCF e das organizações parceiras. Não esqueça de usar a #BastaSerHumano.

Opção 2:

Visite a galeria de artistas que estão participando e compartilhe as artes

Diversos artistas estão expondo suas artes como manifesto em defesa das questões ambientais. Acesse aqui para visitar a galeria, compartilhar as artes. Não esqueça de marcar o artista e usar #BastaSerHumano.

Opção 3:

Faça o seu manifesto

Grave um vídeo curto completando a frase: #BastaSerHumano para…. (ex: perceber a importância das florestas,…) e poste nas suas redes usando a hashtag #BastaSerHumano.

Opção 4:

Integre a sua ação ao movimento

Tem uma ideia, iniciativa, projeto e quer se juntar a nós? Entre em contato conosco e desdobre esse movimento com alunos de escolas e outros grupos sociais. Você fortalece o movimento e a gente ajuda a divulgar a sua iniciativa!

Peças para baixar e compartilhar

Peças para o Feed

Peças para o Story

Dados e informações

Florestas e Vegetação Nativa do Brasil

  • As florestas guardam desde a cura de doenças até a base de uma nova bioeconomia. – Paulo Moutinho / Ipam
  • #BastaSerHumano para perceber a importância das florestas

Queimadas

  • De janeiro a outubro de 2020 foram mais de 200 mil focos de incêndio espalhados por todo o país. 201.927 focos, segundo o INPE.
  • #BastaSerHumano para pedir o fim das queimadas

Desmatamento

  • O desmatamento consumiu 12 mil quilômetros quadrados (km2) de vegetação nativa do Brasil em 2019, num ritmo devastador de quase 1,5 km2 por hora. E o cenário para este ano é ainda mais preocupante, segundo especialistas. — Mapbiomas
  • #BastaSerHumano pra não aceitar o desmatamento.

Mudanças Climáticas

  • A quantidade de gases de efeito estufa lançada na atmosfera pelo setor de mudança de uso da terra subiu 23% em 2019, atingindo 968 milhões de tCO2 — SEEG
  • #BastaSerHumano pra sentir as mudanças climáticas.

Grilagem e roubo de terras públicas

  • 35% do desmatamento na Amazônia são em florestas públicas, nosso patrimônio nacional. Isso é grilagem de terras —  IPAM
  • Caixa preta. O índice de transparência de informações fundiárias nos estados da Amazônia é de apenas 16% — ICV 
  • #BastaSerHumano pra ver o roubo de terras públicas.

Acompanhe a mobilização!

Contexto e concepção

— Nasce um movimento —

Marcado por queimadas e desmatamento, 2020 também mostrou que a natureza ainda é capaz de se recuperar quando o ser humano dá uma trégua – como ficou claro nos dias de isolamento social.

Diante desse cenário, a rede do Observatório do Código Florestal (OCF) e parceiros, lançaram a campanha digital #BastaSerHumano. A iniciativa em defesa do verde, de uma produção sustentável e da justiça social propõe uma reflexão sobre as principais ameaças ao meio ambiente no Brasil hoje e seu impacto na vida das pessoas.

2020 insANO

2020 foi insano, no mínimo estranho para todos nós. Foi complicado e delicado. Foi feroz e sensível. Foi um ponto de inflexão, de reflexão, de transformação.

Um ano de perceber como a natureza ressurge quando o ser humano dá uma trégua. Quando paramos de correr, para enxergar e para pensar, pequenos sinais bastam. O azul do céu ou reaparecimento de animais, onde não podiam mais ser vistos, trouxe o alento.

Por outro lado, a tolerância a ataques ao patrimônio natural e social brasileiro foi ampla e profunda. Os índices de desmatamento e de queimadas cresceram de forma desenfreada e, além de avançar sobre os recursos naturais mais preciosos do País, alavancaram casos de injustiça social, violência no campo, problemas de saúde, empobrecimento das áreas produtivas e prejuízos econômicos.

Para um bom ser humano, será que os fatos, as notícias, as histórias, as imagens não bastam para entender? Basta ser humano para entender que a floresta em pé e a conservação da vegetação natural estão relacionados com a nossa saúde e bem-estar, com o que temos e consumimos em nossa casa, com prosperidade econômica e com um país mais justo para todos?

Nós acreditamos que basta ser humano para perceber os sinais, os sons, as meias palavras. Basta ser humano para compreender o impacto das nossas ações no meio ambiente e o impacto de seu desequilíbrio na nossa vida, não basta?

Com tantas transformações, não podíamos fechar 2020 sem nos mover. Por isso, convidamos você para construir e participar conosco da campanha #BastaSerHumano em prol das florestas, do nosso verde, de uma produção sustentável e da justiça social.

Lembre-se que o meio ambiente não é dos ambientalistas, dos agricultores, dos ativistas, dos políticos ou dos cientistas. É dos artistas, do feirante, da professora, da médica, do motorista, do operário, da empresária, de cada um e de todos nós, e que cada um pode contribuir com o que faz de melhor.

Vamos juntos dar um basta? #BastaSerHumano para abraçar essa causa!